Compositores e arranjadores brasileiros


Entrar na pesquisa


INTRODUÇÃO

PREFÁCIO

    Este é um trabalho de pesquisa, em andamento, de nomes de brasileiros natos, naturalizados, residentes no país (mesmo que tenha sido por algum tempo), que tomam ou tomaram parte ativa da criação musical brasileira. O trabalho não identifica instrumentistas, regentes ou cantores, como também não traz um resumo biográfico ou relação de obras. É uma pesquisa apenas de nomes de compositores e arranjadores e que inclui libretistas, teatrólogos, letristas e poetas com versos musicados.
    Também não é um trabalho sobre música erudita (clássica, artística, de concerto ou coisa que o valha) ou a chamada música popular. É uma pesquisa de nomes, independentemente de conceitos ou pré-conceitos e das áreas de atuação de cada nome e de seu pensamento estético.
    Como é um trabalho realizado por um pesquisador isolado, ele, certamente, está carregado de informações incompletas e cheio de erros. Desculpem-me. Este pesquisador solitário precisa de ajuda para as correções e inclusões de novos nomes. E, antecipadamente, agradece toda e qualquer colaboração que lhe chegar às mãos.

    ÍNDICE GERAL

    No índice geral há três entradas: NOMES, FONTES DE REFERÊNCIA e CATEGORIAS MUSICAIS.

    A primeira entrada, NOMES, apresenta a relação geral dos nomes da pesquisa. A procura deve ser feita pelo sobrenome ou pelo pseudônimo como é conhecido o artista. Se este tem um site ou um blog, o nome é um link de saída. Pode haver uma observação entre parênteses (ou entre aspas) que indique um título ou um pseudônimo usado pelo artista. A seguir vem seu campo de atuação (compositor, letrista, etc.). Depois, entre parênteses, o nome verdadeiro em itálico, os locais e anos de nascimento e morte (quando for o caso, claro...). E, por fim, as fontes de referência com suas siglas. Se qualquer uma dessas informações estiver faltando, haverá os sinais de "pontos de interrogação" em substituição aos dados que – quem sabe um dia! – serão completados.
    Ex.: Garoto [compositor, arranjador] (Aníbal Augusto Sardinha. São Paulo, SP, 1915-Rio de Janeiro, RJ, 1955) [ref.: EMB, VB; DCA];

    A segunda entrada, FONTES DE REFERÊNCIA, inclui bibliografia (livros, artigos, estudos, pesquisas, teses, catálogos de obras, partituras e programas de espetáculos musicais), sites razoavelmente confiáveis de referência e gravações (discos 78 rpm, LP e CD), todos com suas siglas correspondentes.

    A terceira e última entrada, CATEGORIAS MUSICAIS, está dividida, a princípio, em:

    1. Música instrumental (orquestras, bandas, grupos de música de câmara e os instrumentos separadamente, sozinhos ou com destaque em formações instrumentais diversas.);
    2. Música vocal (coro, formações vocais diversas e canto);
    3. Teatro musical (ópera, operetas, revistas, musicais, etc.);
    4. Música eletroacústica e similares;
    5. Outras categorias, que inclui trilhas para balé, teatro, cinema, rádio, televisão e outros meios de comunicação inventados ou por inventar...

    Para terminar, informo que as duas imagens que aparecem na entrada desta pesquisa são as de José Maurício Nunes Garcia (padre) e de Pixinguinha (retrato do artista quando jovem).


Para colaborações escreva para: nhcavalcanti@oi.com.br


Entrar na pesquisa / Voltar para primeira página